5. OS ALTARES DAS NAVES LATERAIS Foram mandados construir na última década do séc. XVIII e princípio de
oitocentos, em substituição dos que existiam no transepto. A talha foi executada pelo entalhador Estêvão Teixeira de Nóbrega. É pobre, mas harmoniosa, denotando-se já o declínio do rococó. Os retábulos foram pintados por Nicolau Ferreira Duarte, excetuando o painel do Rosário que pertence a Filipe Caetano da Trindade e Sousa. O trabalho de pintura e douramento é deste ultimo e de António da Trindade.
 
Os motivos destes altares são: a Crucifixão, Santa Ana, o Nascimento de Cristo, S. Miguel e as Almas.

© Catedral do Funchal - Pe. Ignácio F. Rodrigues